segunda-feira, 14 de dezembro de 2009



RIO CUIABÁ - 1.964
O ano era 1.964, o Rio Cuiabá não ameaçava a garotada que acostumada com os banhos de Rio, o atravessava a nado, e com facilidade em um ponto entre a foz do córrego da Prainha e a Ponte Julio Muller, o Rio estava muito "Raso", e historicamente não tínhamos um volume tão grande de assoreamento. Neste ano o Rio Cuiabá apresentou uma vazão de 50,80 m³/seg. e quando parecia que o Rio ia "Secar", ele reservou uma nova surpresa em 1.969 quando a vazão foi menor ainda, registrando 44,90 m³/seg. Para fins comparativos, hodiernamente a vazão mínima do Rio, com a função reguladora de Manso, deve ser superior a 100 m³/seg.
Com o crescimento da Cidade de Cuiabá e V. Grande, aumentou o assoreamento, contudo a vazão do Rio nunca havia ultrapassado os treis dígitos em sua vazão, e assim com a grande enchente de 1.974 (113m³/seg.) e 1.979 (139 m³/seg.) a cidade teve que ser replanejada, e a população de alguns bairros tiveram que ser remanejados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário